o cliente plus size e o mercado em constante crescimento

Estamos diante de um mercado que está aquecido e grandes marcas e redes de moda já́ perceberam que o nicho é valoroso. Em outras épocas esses clientes eram apenas chamados de grades ou especiais, nos últimos anos classificados como Plus Size – público que usa roupas acima do tamanho 44.  Lojas voltadas ao público que usa modelo tamanho GG estão se expandindo e o mercado só cresce.  A forma de atender as necessidades desses clientes mudou muito: antes as marcas vendiam e ofereciam o que tinham em sua gama de produtos. Nos últimos anos jovens e adultos, homens e mulheres não se satisfazem em vestir o que o mercado e as marcas impõem, além da procura por roupas do seu manequim eles querem através da moda alguém que entenda as suas necessidades e desejos ressaltando sempre seu estilo e beleza. Segundo dados de pesquisa  Vigitel do Ministério da Saúde o número de brasileiros obesos saltou 60% em uma década, passando de 11,8% da população em 2006 para 18,9% em 2016. Segundo dados da Associação Brasileira do Vestuário (Abravest) o mercado Plus Size cresce 6% ao ano e movimenta cerca de R$ 5 bilhões. Diante desses dados são cerca de mais de 300 lojas físicas e 60 virtuais. Segundo a mesma associação a tendência de crescimento para esse mercado será de no mínimo 10% ao ano. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que todos os estados brasileiros registram incidência alta de pessoas acima do peso, embora as maiores concentrações estejam nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Diante dessas informações do real cenário nacional está aí uma ótima oportunidade para investir no segmento pois existe uma demanda real voltada para a moda Plus Size. Para isso é preciso haver uma compreensão à respeito desse público, suas necessidades, anseios, percepções e comportamentos.  Dessa forma existe grande oportunidade  para micro, pequenos, médios ou granes empresários  investir no segmento para quem  deseja abrir ou alavancar seus negócios  e por se tratar de um nicho de moda, as barreiras de entrada para o segmento tendem a ser menores. Os clientes Plus Size têm as seguintes características:

  • São exigentes;
  • Buscam sofisticação;
  • Buscam qualidade;
  • Fogem do tradicional;
  • Tendências de moda;
  • Valor Agregado.

Eventos voltados para esse público como o Fashion Weekend Plus Size – São Paulo cada vez mais cresce no país e modelos para o mercado e a procura por modelos também. O público masculino busca elementos de estilo e conforto, já o público feminino a procura é por uma roupa que seja sensual, valorize seus pontos fortes, seja confortável e versátil, tornando-a segura e satisfeita.

fashion week plus size

A marca Kauê Plus Size  está presente há mais de 24 anos no mercado paulistano e começou a apostar no segmento de tamanhos especiais. Naquela época, a empresa possuía três lojas e apenas uma delas oferecia roupas em tamanhos grandes com foco em senhoras. Mesmo assim, as jovens que usavam tamanho grande entravam na loja e não encontravam produtos que lhes agradavam. Atenta a esta oportunidade, a marca passou a adotar o Plus Size como carro-chefe com elementos de moda.

kaue-plus-size

A marca Duloren saiu na frente e foi a primeira marca de lingerie a apostar em tamanhos grandes com o slogan “Gostosa demais para usar 38” e hoje os tamanhos grandes correspondem a 50% do seu faturamento.

duloren_logomarcaTambém de olho nesse perfil de cliente e segmento encontramos grandes marcas que investem forte. A marca Malwee, que tem a coleção “Grandes Abraços” e recentemente lançou uma marca própria para o segmento.

malwee

Quando o assunto são lojas de departamentos a C&A que está entre as grandes redes de lojas crio a linha “Special for you”, e seguindo a mesma linha a concorrente Marisa lançou a linha “Especial para Você̂”. Lojas como Riachuelo, Renner e Pernambucanas também possuem suas coleções Plus Size. A Posthaus vende roupas pela internet para diversos segmentos dentre eles o Plus Size. No primeiro quadrimestre de 2012, segundo matéria publicada pelo Blog do E-commerce, a empresa registrou um incremento de 296% neste segmento de sua loja virtual, em relação à 2011, muito à frente do segmento de vestidos, o segundo colocado em desempenho com 92% de incremento nas vendas.

Posthaus

A empresária Cínara Fernandes iniciou o seu negócio, a Elegance, com apenas R$ 800, na garagem de casa. Desde 1999 a confecção vem crescendo e se modernizando e hoje possui 66 funcionários. Apesar de um alto crescimento no volume de vendas, a empresária diz que ainda existe muito preconceito.

eleganceNão basta vender: quem deseja apostar nesse nicho de mercado tem de estar atento a alguns fatores. O caimento da roupa (modelagem) é essencial para que ela vista bem diferentes biotipos. Buscam por produtos que utilizam-se de matérias-primas, geralmente as que envolvam mais tecnologia e com isso ajudam a desenvolver um produto que não crie volume e não marque o corpo em excesso. Quando o assunto é saúde está aí uma excelente oportunidade para as marcas e lojas pois existem várias ações que podem ser desenvolvidas para promover o bem estar, qualidade de vida e saúde de seus clientes. Conhecimento de moda, mercado e cliente é essencial para conseguir atender e traduzir o que é apontado como tendência para o público Plus Size. Isso porque roupas em tamanhos especiais sempre existiram. O que mudou foi a modelagem e a adaptação às tendências.

 

rubrica1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s