Exclusividade e diferenciação: algumas das exigências do público Classe A

Diferente das demais classes esse público ao comprar é influenciado principalmente em seus contatos e experiências em viagens. O perfil Classe A é composto pela elite brasileira, em sua grande maioria composto por pessoas com mais de 30 anos que desfrutam de um alto padrão de vida. A internet também serve como fonte de pesquisa, mas as experiências e o poder de status que a marca exerce no mercado é o que faz diferença.  Marcas mais tradicionais, com reputação confiável e grande poder histórico de mercado são as que mais se destacam: a procura por marcas que recém entraram no mercado são menores. O fato desse público ter maior poder aquisitivo não implica em  comprar apenas pelo valor alto, eles são exigentes: é preciso agradar, surpreender  e oferecer valores e vantagens exclusivas pelo que está oferecendo – convencer para fidelizar.  Para eles a velha máxima de que o cliente sempre tem razão é fato. Todo cuidado para não exceder as expectativas ao divulgar a marca é essencial: a propaganda e as suas promessas aos clientes são sempre planejadas, garantidas e menores do que informa. Esta é a maneira propícia de você sempre entregar mais do que prometeu, caso contrário, assim como as demais classes você pode perder não só um grande cliente, mas sim um influenciador de todo seu grupo de contatos. Segundo o Ibope Inteligência (2016) A classe A compõe apenas 3% dos domicílios brasileiros, mas responde por 13% de todo potencial de consumo do país, possuindo uma renda familiar média de R$ 20,8 mil. Diante de tantas crises financeiras e instabilidades econômicas frequentes no Brasil, esse público é o mais propenso a recuar nos gastos. Segundo o estudo da Kantar Worldpanel (2016), 30% pertencem às classes A e B, 92% não pagam aluguel e 64% moram em casas com seis cômodos ou mais – números representados por 53 milhões de brasileiros. Os consumidores da classe A são mais atraídos por marcas que têm maior exposição no mundo e que desenvolvem coleções exclusivas e atraentes.

Abaixo os valores que a classe A espera de uma marca:

  • Privilégio
  • Elite
  • Nobreza
  • Prestígio
  • Aristocracia
  • Riqueza
  • Estilo
  • Singularidade

O conceito de luxo está diretamente relacionado com custo elevado, conceituado, raro e restrito – para poucos. Vários são as séries limitadas que podemos utilizar como exemplo, abaixo, uma edição limitada em apenas 100 unidades produzida em todo o mundo pela BMW – série especial com a linha da divisão M.

bmw

Produções especiais, diferenciadas: anos atrás a Mercedes-Benz lançou uma linha exclusiva de automóveis com aroma Calvin Klein. Muitos produtos diferenciam-se em alguma etapa de todo processo entre a produção até a entrega. A Rolls-Royce produz seus automóveis com diferenciação desde o processo de pintura da carroceria até a costura a mão dos assentos de seus veículos com couro especial e detalhes em madeiras exclusivas – tudo isso agrega valor e atrai clientes. Armand Peugeot, Santos Dumont e Cartier foram grandes amigos em Paris. Abaixo, uma série especial da Cartier em homenagem ao brasileiro Santos Dumont.

dummont 2222.JPGSão características das marcas preferidas para o perfil Classe A:

  • Matéria-prima singular;
  • Processo de fabricação (que muitas vezes utiliza-se de mão de obra artesanal);
  • Tecnologia ou técnica especializada para a confecção e acabamento do objeto, serviço em questão;
  • Luxo aliado ao conceito de qualidade superior;
  • Identidade própria e distinta;
  • Público-alvo restrito;
  • Possuir uma forte identidade, ou seja, uma marca reconhecida como griffe ou luxo;
  • Edições limitadas, séries especiais e exclusivas;
  • Valores intrínsecos como raridade, peças únicas;
  • Produtos diferenciados e baixa disponibilidade;
  • Oferecer status social com reforços de valores;
  • Qualidade, preço e valor agregado alto, sinônimo de status;
  • Distribuição seletiva e limitada, principalmente em datas especiais, baixa disponibilidade;
  • A esfera simbólica com características de sonho, magia, sedução e sensual;
  • Atributos discretos de harmonia em todos os sentidos: toque agradável, bom cheiro, sons harmoniosos, de forma a criar uma experiência ímpar;
  • Conexão com o passado, tradições, história. O verdadeiro luxo é imortal;
  • Atribuir valores agregados e intrínsecos relacionados a seu caráter supérfluo;
  • Perfeccionismo, busca da melhor qualidade e de um desempenho superior;
  • Não tem interesse pelo que é acessível à todos.

Os consumidores da classe A são mais atraídos por marcas que têm maior exposição no mundo da moda e que desenvolvem coleções exclusivas. A Tag Heuer por exemplo oferece uma linha em homenagem ao Ayrton Senna.

Senna

Abaixo, a preferência do público classe A brasileiro:

Vestuário Feminino: Le Lis Blanc, Farm, Shoulder.

Vestuário Masculino: Richard, Crawsford, Brooksfield.

Calçado Feminino: Schutz, Capodarte, Corello.

Calçado Masculino: Richards, Fascar, Timberland.

Artigos Esportivos: Bayard, Track & Field, Decathlon.

Artigos Infantis: Puc, Zara, Lilica &Tigor.

Cama, mesa e banho: Mundo do Enxoval, MMartan, Camicado.

Eletrodomésticos: Fnac, Fast Shop, Polishop.

A qualificação profissional é um fator diferenciado nesse perfil: de um modo geral, esse público possui um nível de escolaridade mais alta que as demais classes, pois tiveram mais oportunidades para isso, ou conquistaram. Temos um outro perfil dentro na Classe A que vieram das demais classes justamente pela sua qualificação e promoção durante a trajetória profissional. É comum encontrarmos grandes empreendedores que vieram de classes mais baixas, de situações extremamente difíceis e venceram. Em sua grande maioria são empregadores e esse comportamento é ótimo para a retomada de mercado pois não saem gastando sem necessidade, mesmo que comprometa as vendas no mercado. Para eles, planejamento e precaução é fundamental. No setor imobiliário, principalmente entre os imóveis de maior valor é comum o cliente afirmar que vai aguardar por mais um período a resposta do mercado para investir no momento certo. Hoje ocupam altos cargos no setor público como: juízes, desembargadores, funcionários atuando em um dos três poderes, presidentes de empresas estatais, além de políticos, promotores, professores universitários, militares de alto escalão. No setor privado encontramos: médicos, advogados, engenheiros, arquitetos, donos de bares, clubes, academias, colégios particulares, entre outros que possuem boa formação ou não. O perfil mais jovem na faixa dos 18 aos 35 anos procuram por produtos que demonstrem qualidade e marquem presença, discretos e sem extravagância – marcas exclusivas e sedimentadas. Já o perfil de homens e mulheres que procuram um reposicionamento optam por ser mais conservadores e são atraídos por marcas mais tradicionais. Sofisticação nem sempre está entre os atributos preferidos pelos adultos. Já o perfil mais maduro preferem a praticidade e as lojas multimarcas. De um modo geral é um público criterioso e exigente, e para todas as faixas atenção especial e diferenciada é o que faz diferença. 

 

rubrica1

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s