a Classe C e o enorme mercado para as marcas

As tendências mudam, assim como as escolhas – e tudo isso está diretamente ligado a fatores sócio-culturais e econômicos. Para tudo isso nos últimos anos as marcas descobriram que os clientes estão mais exigentes, em específico a Classe C. Esse perfil de cliente preza muito a escolha acertada, pois não dispõem de tanto capital. A grande maioria de pessoas que fazem parte desse grupo saíram da linha da pobreza, passaram a se qualificar no mercado e a adquirir bens de consumo duráveis como: eletrodomésticos, notebooks, viagens, celulares, TVs, automóveis e residência. Segundo o Ibope Inteligência (2016) a Classe C representa 49% dos domicílios do Brasil e 31% do potencial de consumo brasileiro e com renda aproximada de R$ 2,7 mil. De acordo com o Instituto Data Popular em 2012, nos últimos anos 42 milhões de brasileiros ascenderam à classe C, representam 53,9% da população, o equivalente a 104 milhões de pessoas e movimenta R$ 1 trilhão ao ano e os jovens movimentam 130 bilhões de reais por ano – um enorme campo de oportunidade para as marcas. Consequência da estabilização econômica do Brasil nas últimas décadas. Nos últimos anos a Classe C tem se destacado a procura de marcas com valores agregados, eles têm as mesmas intenções de consumo comparados a classe média, porém, de acordo com as suas condições de aquisição nem sempre conseguem realizar seus desejos. Esse perfil de cliente está cada vez mais exigente, confiam nas marcas líderes e estão sempre atentos a descontos e vantagens no momento da compra – isso tudo pois estão ligados constantemente a internet e nos anúncios das promoções através da mídia. Estão sempre em busca status, qualidade nos produtos e serviços, está aí a oportunidade para as marcas investir nesse perfil, até porque esse cliente preza por qualidade e através de promoções as marcas podem aproveitar  para fidelizar e encantar novos clientes. Com o processo de ascenção das classes, nos últimos 5 anos o Mc Donald`s do Brasil passou de 25% para 40% entre os clientes desse perfil – um enorme salto.

mcdonalds

Com isso a marca adotou novas estratégias e promoções para atrais ainda mais esse público, mas isso não significa que as demais classes estejam esquecidas pela marca. Entre as marcas preferidas pela Classe C no Brasil a Nestlé lidera o ranking, Samsung, Adidas e Nike aparecem em seguida. De acordo com o instituto Data Popular separou as marcas nas categorias alimentos, informática, automóveis, eletrônicos, celulares, entre outras. Confira:

  • Automóvel: Fiat, Volkswagen e Chevrolet
  • Alimentos: Nestlé, Sadia e Perdigão.
  • Bebidas Alcoólicas: Skol, Brahma e Antarctica.
  • Bebidas não-alcoólicas: Coca-Cola e Antarctica.
  • Higiene Pessoal: Dove, Colgate e Johnson & Johnson.
  • Roupas feminina: Le Lis Blanc,Mercatto e Torra Torra.
  • Roupas masculinas: Richards, Luigi Bertolli e Impecável.
  • Calçado feminino: Schultz, Pixolé e Raquel Calçados.
  • Calçado masculino: Richards, Pontal e Impecável.
  • Cosméticos: Natura, O Boticário e Avon.
  • Artigos infantis: Torra Torra, Marisa, Leader.
  • Informática: HP, Dell e Samsung.
  • Eletroeletrônicos: Samsung , Brastemp e LG.
  • Bancos: Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica Federal
  • Cartões de crédito: Visa, Mastercard e Itaucard.
  • Companhias aéreas: Tam, Gol e Azul.
  • Telefonia Móvel: Tim, Vivo e Oi.
  • Varejo de moda: C&A , Renner e Riachuelo.
  • Varejo de eletroeletrônicos: Casas Bahia, Lojas Americanas/Ponto Frio e Magazine Luiza.

Grandes marcas já antenadas com esse novo perfil de cliente mais exigente criaram marcas específicas para atender as necessidades desse público: a marca de chocolates Kopenhagen criou a marca Brasil Cacau.

kopenhagen-chocolates-original

 A marca O Boticário especializada em cosméticos criou a marca Eudora.

boticario eudoraNo setor de detergente em pó a marca Unilever tem o Omo que domina o segmento Premium e o Surf na categoria mais econômica. É muito comum que marcas direcionadas a esse perfil de cliente associem sua imagem com artistas, esportistas e celebridades em geral. A marca Procter & Gamble oferece o produto Ace e utilizou a estratégia de associar o produto a artistas como: Zezé Di Camargo e Luciano, Leonardo e Daniel – todos da música sertaneja. A Eudora recentemente utilizou a imagem do ator Rodrigo Lombardi associado a sua marca. De fato essa associação influencia muito na decisão de compra no momento da escolha. A marca  Hypermarcas  estendeu a linha  Assolan, sucesso no segmento de palhas de aço em detergente em pó. As condições de pagamentos mais acessíveis abriram as portas e oportunidades para esse perfil de publico. Nos últimos anos a Classe C passou a mudar de hábitos no segmento de transportes: as companhias aéreas passaram a ser mais requisitadas – passaram a viajar mais e isso favoreceu diretamente as redes hoteleiras e restaurantes, o turismo em geral.  Na área de construção civil os clientes passaram a escolher por apartamentos com infra estrutura mais completa , em localizações mais próximas dos grandes centros. No segmento automobilístico até ha anos atrás era comum vender carros básicos, praticamente sem opcionais – hoje o cliente prefere pagar um pouco mais nas parcelas para ter um automóvel mais completo. Em 2014 itens como air bag e freios ABS passaram a ser obrigatórios nos carros brasileiros. Levando em consideração tudo isso é possível afirmar que o Cliente Classe C está em busca de qualidade, conforto e bem estar, mesmo que para isso tenha que fazer programar mais para as aquisições de bens, serviços ou consumo.

 

rubrica1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s