vending machine – uma estratégia diferenciada para o público final

Em todo o mundo existe uma forte tendência no varejo na direção de menos interação do Cliente com funcionários das marcas, está ficando cada vez mais comum em países de primeiro mundo.Para quem não sabe, vending machines são máquinas automáticas de venda de produtos. Os primeiros indícios desta invenção se deu na antiguidade, porém, apenas no século passado (em 1888) para vender chicletes, que se tornaram populares na década de 70, principalmente nos Estados Unidos. Aqui no Brasil no Rio de Janeiro o Bob’s tem uma loja onde não há mais interação no balcão para pagamento, ou seja, não há operador de caixa. A compra é feita através do auto-atendimento no celular, através do aplicativo da marca ou no totem de auto-atendimento.alguns supermercados já estão fazendo o movimento na direção de caixa de auto-atendimento também. Existem outras formas de atendimento sem a interação humana em algumas etapas do processo de compra.

image

Há anos essa prática de compra de self-checkout já é uma realidade muito comum no exterior. Comércios como: farmácias, supermercados e lojas de material de construção são exemplos de segmentos onde os varejistas já praticam essa ação – no segmento de alimentos existem muitas dessas para guloseimas e refrigerantes também. Recentemente o Mc Donald’s entrou nessa tendência, vending machine de Big Mac. Aproveitando o lançamento de dois novos tamanhos de Big Mac (Big Mac Jr. e The Grand Big Mac), a marca encontrou a oportunidade para fazer um movimento convidando as pessoas para experimentarem os novos sabores diretamente de uma vending machine.

image

A “experiência” vai acontecer em Boston e os Clientes não pagaram nada para experimentar os novos Big Mac’s.  Na verdade o pagamento dar-se-á através de um tweet postado diretamente da máquina no perfil do Cliente falando sobre a experiência.  O formato de pagamento não é novidade e é bem simples.  A ação do McDonald’s é trocar um Big Mac por um anúncio na sua timeline do twitter, feita pelo seu perfil. A estratégia desse movimento do Mc Donald’s é, na verdade, uma campanha de lançamento dos novos tamanhos de Big Mac, resta saber se vai ser apenas um teste. Vincent Spadea, um operador local do McDonald’s, disse que não poderia divulgar como a tecnologia funciona, mas prometeu que os hambúrgueres seriam frescos. As Será que o tradicional sistema de drive-thru serão substituídos um dia por máquinas de venda automática de alta tecnologia? Esse não é o primeiro movimento do varejo na direção de oferecer comida através de vending machine, mas essa tendência gera muita curiosidade.  A máquina é apenas um teste. No mínimo, servirá como ação de marketing dos novos formatos de Big Mac. Mas a boa recepção da novidade pode animar a marca. Será apenas uma campanha de lançamento ou há outro interesse por trás desse movimento?  O McDonald’s garante que Big Macs fresquinhos serao constantemente colocados na vending machine para garantir uma “experiência de alta qualidade”. O teste, de apenas 1 dia, pode ser uma prévia de um futuro com lojas da rede totalmente automatizadas. Caso vire uma tendência, será que vai ser bom para países de terceiro mundo onde o desemprego é cada vez maior? Será que a máquina vai substituir o homem?

 

rubrica1

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s