a importante estratégia de posicionamento por preço

O posicionamento estratégico é primeiramente um processo de seleção de onde a marca define para qual perfil de clientes quer alcançar, é a forma de como a marca busca posição competitiva distinta e significativa nas mentes dos consumidores diferenciando-se das demais. A partir do momento que a marca inicia seu processo de posicionamento perante o mercado, ela escolhe um determinado perfil consumista a fim de atender suas necessidades e desejos. Saber posicionar a marca no mercado faz com que estrategicamente a empresa apresente a sua capacidade de realizar suas funções de forma diferenciada de seus concorrentes e com isso conquistar o reconhecimento pelos compradores como único. As variáveis para o posicionamento vão desde: comportamento dos clientes, mudanças de estratégias dos concorrentes, fatores econômicos internos e externos, reação do mercado e aceitação do produto. Uma das principais estratégias que a marca chama a atenção de seus clientes é através do preço estabelecido pelos produtos. Para isso não basta determinar qual valor oferecer: é preciso oferecer níveis alto de qualidade, acabamento, durabilidade, desempenho ou estilo. Preço é o que você paga por um produto e valor são as qualidades percebidas que o consumidor leva para casa. Temos exemplos como o relógio Rolex, os perfumes da Chanel  ou as canetas Mont Blanc que se apresentam como produtos caros, mas ao mesmo tempo com um padrão de qualidade extremamente alto, é assim no universo das marcas superpoderosas. Seguindo essa linha clientes estão dispostos a pagar mais por preços premium, tornando-se verdadeiros adoradores das marcas. Dessa forma preenchem com satisfação a sua autoestima, além do auto status socioeconômico real ou aspirado. Recentemente a marca Google (2ª marca mais forte do mundo – de acordo com a Interbrand) resolveu abrir seus horizontes. O Pixel é o primeiro smartphone da linha Google, certamente vai ser um impulsionador de vendas pela fácil identificação da marca Google com o mercado mundial. Mas nem tudo são flores: cabe a Google lançar um aparelho de ponta, que não só atenda as necessidades dos consumidores, mas surpreenda. A responsabilidade da Google é grande, afinal, no mercado de smartphones a briga de é de gigantes e boa: Apple, Samsung, Motorola, Lg dentre outras estão esperando a Google para entrar nessa briga.

pixel-cw-1

Segundo o Business Insider, o banco Morgan Stanley estima que o Pixel pode gerar uma receita de US$ 3,8 bilhões ao Google em 2017. Essa receita viria da venda de 5 a 6 milhões de smartphones Pixel e Pixel XL, que têm preços entre US$ 649 e US$ 879. O banco ainda prevê que o Google deve vender 3 milhões de seus smartphones só nos últimos três meses de 2016. É impossível seguir esse assunto sem lembrar dos 4P`s do Marketing, segundo Philip Kotler:

  • Produto
  • Preço
  • Praça
  • Promoção

O que chama a atenção é que os valores de mercado dos smartphones Google são semelhantes e próximos dos Apple. Há anos que a Apple mantém uma soberania (além de status) de sua marca perante o mercado e seus consumidores. A Google em uma estratégia inteligente manteve seus valores (altos) para brigar de frente com a Apple, mas volto a dizer que a responsabilidade desse Google smartphone ser bom é ainda maior, pois trata-se de um público mais exigente quando o assunto é tecnologia. E em se tratando de Google, podemos esperar sim que esse produto novo seja de ponta. Seria um tiro no pé se a marca lançasse smartphones a preços populares: iria marginalizar a imagem da marca, e com isso sua credibilidade e reputação de mercado poderia ir por água abaixo. Em contrapartida o fato de posicionar por preço requer qualidades e diferenciais que o produto é obrigado a se diferenciar dos demais no mercado. O cliente precisa ter a impressão de que produto deve ser apresentado e oferecido como se ele estivesse entregando maior valor e benefícios do que o preço pago por ele e a marca precisa deixar claro qual a percepção que ela quer que o consumidor tenha do produto. Outra marca que recentemente resolveu encarar de frente o posicionamento por preço foi a Samsung. Recentemente a marca lançou a linha S8 do modelo Galaxy e pela primeira vez para enfrentar a sua maior rival de frente estabeleceram o valor do produto acima da Apple, sua maior concorrente. Sem dúvidas foi uma forma de posicionamento forte e distinta a fim de ocupar uma posição mais competitiva e significativa nas mentes dos consumidores.

galaxy s8

Posicionar a marca pelo preço é uma das estratégias mais importantes: você pode se diferenciar dos concorrentes. Certamente uma estratégia muito inteligente da Google e Samsung apresentarem seus produtos com valores altos, para o segmento premium de mercado. E não para por aí: ambas as marcas resolveram investir em propaganda de T.V. no Brasil com o lançamento dos dois produtos: tudo isso para reforçar os valores da marca e atrair atenção. Vale ressaltar que a Apple tem e estratégia de manter sempre seus preços, não oferecer descontos absurdos. Dificilmente reduzem o preço em seus pontos de vendas – e quando reduz muitas vezes somente após o lançamento de um novo produto de uma mesma linha – e esse é um dos vários fatores que mantém a força, a reputação e  a sua imagem como  marca forte no mercado.

 

 

 

rubrica1

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s