comportamento errado, contratos cancelados

Que as Olimpíadas do Rio foram um sucesso todo mundo sabe. Após o caso do falso assalto no Rio, a conta começou a chegar para Ryan Lochte. O nadador americano perdeu seus quatro patrocínios: Speedo, Ralph Lauren, Airweave e Syneron Candela. As decisões devem causar um grande baque nas finanças do atletas, já que a publicidade corresponde a cerca de 92% de sua receita.

Já o comentarista Darren Rovell, da ESPN americana, estima que o prejuízo que Lochte teve nesta segunda seja de US$ 1 milhão.

Embora tenhamos desfrutado de uma relação vencedora com o atleta por mais de uma década, em que ele foi um membro importante da equipe, não podemos tolerar um comportamento que é contrário aos valores desta marca. Agradecemos suas conquistas e esperamos que ele siga em frente e aprenda com esta experiência”, escreveu a empresa em suas redes sociais.

2016-08-18t234808z_1007810001_lynxnpec7h1h6_rtroptp_4_sports-us-olympics-rio-lochte-sponsors

Já a Ralph Lauren disse em comunicado que “continua orgulhosamente a patrocinar os atletas olímpicos e paralímpicos do time americano e valoriza os atletas que vestem essa marca”, acrescentando ainda que “o contrato específico com Ryan Lochte, feito especificamente para a Rio 2016, não será renovado”.

A multinacional Speedo anunciou que encerrou o contrato de patrocínio de mais de uma década de Lochte, e logo foi seguida pelas outras três empresas que acompanhavam o nadador.

Com a decisão, a companhia doará US$ 50 mil (cerca de R$ 160 mil) de parte da verba que seria destinada ao atleta para uma organização não-governamental que atende crianças no Brasil.

“A Speedo USA anuncia hoje a decisão de encerrar o contrato de patrocínio de Ryan Lochte”, informa a empresa em comunicado à imprensa. “Não podemos tolerar comportamento que é contrário aos valores que esta marca representa há tanto tempo”, explica a nota que reconhece que a companhia manteve, até o episódio, uma “relação vencedora com Ryan por mais de uma década”.  Embora tenhamos desfrutado de uma relação vencedora com o atleta por mais de uma década, em que ele foi um membro importante da equipe, não podemos tolerar um comportamento que é contrário aos valores desta marca. Agradecemos suas conquistas e esperamos que ele siga em frente e aprenda com esta experiência”, escreveu a empresa em suas redes sociais.

rubrica1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s